Objetivismo Brasil - A Filosofia de Ayn Rand em Português.

Ayn Rand (1905-1982) foi uma romancista e filósofa americana, e a criadora do Objetivismo, o qual ela chamou de “uma filosofia para a vida na Terra”. 

Os romances mais lidos de Rand são A Nascente, uma história sobre um arquiteto independente e intransigente; e A Revolta de Atlas, uma história sobre o papel da mente na vida humana e sobre o que acontece ao mundo quando os pensadores e produtores desaparecem misteriosamente. Os seus livros não ficcionais mais populares são A Virtude do Egoísmo, uma serie de ensaios sobre os fundamentos e princípios da moralidade do autointeresse; e Capitalism: The Unknown Ideal, uma série de ensaios sobre o que é o capitalismo e por que ele é o único sistema social moral. 

Rand nasceu na Rússia, onde ela frequentou o colégio e a universidade; estudou história, filosofia e produção de roteiros para o cinema; testemunhou a Revolução Bolchevique e o nascimento da União Soviética. Em 1925, ela deixou o crescente estado comunista, dizendo às autoridades soviéticas que faria uma breve visita a parentes nos Estados Unidos da América, e nunca retornou. 

Ela logo fez seu caminho para Hollywood, onde trabalhou como roteirista, casou-se com o ator Frank O’Connor, e escreveu seu primeiro romance, We the Living. Em seguida, mudou-se para a cidade de Nova York, onde escreveu Cântico (um pequeno romance), A Nascente, A Revolta de Atlas, diversos artigos e ensaios, e vários livros de não ficção no quais ela definiu e elaborou os princípios do Objetivismo. 

As firmes defesas da razão (contra a fé e fantasias), do autointeresse (contra o autossacrifício), do individualismo e dos direitos individuais (contra o coletivismo e os “direitos do grupo”) e do capitalismo (como contra todas as formas de estatismo) feitas por Rand fizeram dela tanto a mais controversa como a mais importante filósofa do século 20. 

Descrevendo o Objetivismo, Rand escreveu: “Minha filosofia, em essência, é o conceito do homem como um ser heroico, com sua própria felicidade como o propósito moral de sua vida, com sua realização produtiva como sua atividade mais nobre e a razão como seu único absoluto”. 

Para uma boa biografia de Rand, veja Ayn Rand de Jeffrey Britting ou 100 Voices: An Oral History of Ayn Rand de Scott McConnell. Para uma breve apresentação dos princípios do objetivismo, veja “O que é Objetivismo”? Para a aplicação desses princípios a questões culturais e políticas do dia-a-dia, assine The Objectivist Standard, a fonte proeminente de comentários sob uma perspectiva objetivista. 

[E não deixe de acompanhar o site Objetivismo, a página Objetivismo no Facebook e o nosso canal no YouTube] 

Tradução – Breno Barreto 

Revisão – Matheus Pacini Publicado com a permissão do autor.

Link para o original: 
https://www.theobjectivestandard.com/who-is-ayn-rand/

>