Ayn Rand



Qual a diferença entre um empreendedor e um burocrata?


O sucesso de um empreendedor depende de sua inteligência, de seu conhecimento, de sua capacidade produtiva, de seu talento econômico e do acordo voluntário de todos com quem ele negocia: seus clientes, seus fornecedores, seus empregados, seus credores ou seus investidores. O sucesso de um burocrata depende de sua influência política.

Um empreendedor não pode forçá-lo a comprar seu produto; se ele comete um erro, sofre as consequências; se fracassa, assume os prejuízos. Um burocrata o obriga a obedecer às suas decisões, independentemente de você concordar com elas ou não, e quanto mais avançado é o nível de estatismo em um país, maiores são os poderes arbitrários exercidos pelo burocrata. Se ele comete um erro, você sofre as consequências; Se ele fracassa, repassa as perdas para você, sob a forma de impostos mais altos.?

Um empresário não pode forçá-lo a trabalhar para ele ou aceitar o salário que ele lhe oferece; você é livre para procurar emprego noutro lugar, aceitando uma oferta melhor, se puder encontrar. (Lembre-se de que, neste contexto, empregos não existem na "natureza", não crescem em árvores, e que alguém, o empreendedor, deve criá-los, e que ele quebrará caso pague mais do que o mercado permite que pague a você). Um burocrata pode forçá-lo a trabalhar para ele, tão logo tiver conquistado o poder totalitário; você pode forçá-lo a aceitar qualquer pagamento que lhe ofereça - ou nenhum pagamento, conforme evidenciado pelos campos de trabalho forçado em países totalmente estatais.?

A ferramenta do empreendedor são os valores. A ferramenta do burocrata é o medo.

__________________________________________

Publicado originalmente em The Ayn Rand Letter.

Traduzido por Matheus Pacini.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

__________________________________________