Roberto Rachewsky



O socialismo é uma opção que leva à miséria, à violência e ao atraso


Sistemas políticos podem ser tratados como opções, mas não como alternativas.

Você pode optar por socialismo ou capitalismo, porém os resultados alcançados serão totalmente diferentes.

Logo, para atingir um determinado resultado, capitalismo não é alternativa para socialismo ou vice-versa. Tampouco o será uma terceira via.

Se a sua opção for viver numa sociedade que exclui as pessoas do livre mercado, que tolhe a liberdade delas florescerem e serem felizes a sua maneira, que concentra riqueza entre os poderosos que controlam o poder do estado, que trata legalmente de forma desigual indivíduos semelhantes, não existem alternativas: só há uma escolha a ser feita, que é o socialismo.

Agora, se a sua opção for viver numa sociedade onde todos têm a oportunidade de realizar seus sonhos ou adequá-los às condições que a realidade oferece, onde todos podem interagir com quem quiserem para cooperar e transacionar em benefício mútuo, cabendo ao governo apenas retirar a violência e os violentos do seio daquela sociedade, não existem alternativas: só há uma escolha de modelo político que pode alcançar esse objetivo, que é o capitalismo.

Tampouco a combinação de ambos leva ao mesmo fim, já que socialismo e capitalismo são antíteses que não podem ser misturadas.

Para o desenvolvimento individual e a prosperidade de uma sociedade, somente o capitalismo é válido. Todos os outros sistemas não são alternativas para esse fim, mas rotas diversas que vão na direção contrária, na direção oposta à do capitalismo.

Logo, não há primeira, segunda ou terceira via para o progresso da humanidade em direção à riqueza e à prosperidade, só há um, o capitalismo, os demais acabam criando em maior ou menor grau, miséria, violência e atraso.

__________________________________________

Revisado por Matheus Pacini.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

__________________________________________