Thorpe fala do valor prática do romance de Rand, cujos herois oferece ponto de referência moral permitindo ao leitor perguntar: “o que John Galt faria?” Diz Thorpe: “o retrato de excelência humana sempre ficarão comigo.”