No vídeo de hoje, Harry Binswanger cita a sua passagem favorita dos romances de Ayn Rand. Uma passagem de “We The Living”, ainda sem tradução para o português.