Ayn Rand discute a questão da ignorância da lei num mundo de leis não objetivas.