Objetivismo Brasil - A Filosofia de Ayn Rand em Português.

Tag: ECONOMIA

Um remédio para a doença subjetivista de Mises e Hayek: a Nova Escola Austríaca

[RECOMENDAÇÃO] – "O presente trabalho foi escrito como uma série de dois artigos. É altamente recomendável que o leitor, se não for familiarizado com o corpo teórico da Nova Escola Austríaca de Economia, espere ao menos um dia entre a leitura da primeira e da segunda parte, de forma a melhor apreender o conteúdo. Isso se d…

Ler »

O triplo desastre gerado pela tentativa de se impor uma igualdade econômica

As pessoas são desiguais em sua herança genética, em sua criação pelos pais, no ambiente em que crescem e, acima de tudo, nas escolhas importantes que fazem ao longo de sua vida. 

Um inevitável resultado disso é a desigualdade econômica, a qual vários progressistas dizem ter de ser remediada por meio de política…

Ler »

Reconciliando as teorias austríaca e objetivista do valor

A teoria preeminente dentro da teoria austríaca de valor é a escola subjetivista de Mises. Mises defendia que é através de seu subjetivismo que a economia praxeológica se torna uma ciência objetiva. O praxeologista toma valores individuais como dados, e supõe que indivíduos têm motivações diferentes e preferem coisas dis…

Ler »

Ayn Rand contra o materialismo da visão ‘ricos versus pobres’

Uma das críticas mais comuns à Ayn Rand que ouço das pessoas (em especial, da esquerda) é a de que ela “amava os ricos e odiava os pobres”, ou, numa linguagem atual, que ela “amava o 1% à custa dos 99%”.

Não obstante, a própria Ayn Rand não julgava as pessoas nesses termos, como deveria ser óbvio pa…

Ler »

Bitcoin – A Revolução Capitalista do Século XXI

A natureza das revoluções

As grandes revoluções da história humana aconteceram na descoberta de facilitadores da vida ordinária, ou seja, na criação de ferramentas, processos e modos de organização social que beneficiavam não só quem criou a novidade, mas também o conjunto da co…

Ler »

As lições econômicas de A Revolta de Atlas

O romance A Revolta de Atlas é amplamente conhecido como uma obra-prima de literatura e de filosofia. Não tão reconhecido, porém igualmente verdadeiro, é que A Revolta de Atlas é um romance repleto de reflexões econômicas. Com base em uma análise da realidade, ele traz diversos insights e pode ser considera…

Ler »

Poupança, entesouramento e os erros keynesianos

Poupar é o ato de utilizar a receita (no caso de um empreendimento) ou a renda (no caso de um indivíduo) para outros propósitos que não o gasto em bens de consumo.  Trata-se da receita ou da renda que não é consumida.

Como aquilo que é poupado não é, por definição, gasto pelo poupador em be…

Ler »
>