Yaron Brook explica por que não há progresso sem direitos de propriedade.