Enquanto planejada o seu funeral, Ayn Rand disse que não queria tributos, apenas a leitura de seu poema favorito – “Se”, escrito por Rudyard Kipling, Prêmio Nobel de Literatura de 1907.

Escute esse lindo poema! Ele o faz recordar Ayn Rand?