CONTÉM SPOILERS.

Jô Soares fala um pouco de Ayn Rand e da peça que dirige “A noite de 16 de janeiro”, a qual é baseada em conto homônimo da autora em questão.