No vídeo de hoje, Roberto Rachewsky e seus convidados refletem sobre esta famosa passagem de Francisco D´Anconia.