O jornalista holandês Flemming Rose diz que nunca viu alguém abandonar ideias ruins por terem sido criminalizadas.