No artigo de hoje, Rand destacou seu otimismo frente ao futuro. E por que ela é otimista? Pois crê que, no final, a filosofia mais racional sairá vencedora.

Hoje ainda estamos longe desse ideal.

Como podemos ser os “novos intelectuais” que serão responsáveis por essa revolução racional?