Muitos críticos do individualismo dizem que individualistas são “atomistas”, que querem viver isolados da sociedade. Isso é ridículo. Veja a resposta de Ben Bayer, refletindo sobre Howard Roark, o protagonista de “A nascente”