Ayn Rand explica o que a motivou a escrever: a devoção à figura do herói.