Amy Peikoff explica a importância de se ter um senso de vida e, mais importante, de aplicá-lo na prática.