No vídeo de hoje, Alan Futerman explica por que devemos ler “A revolta de Atlas”.