Objetivismo Brasil - A Filosofia de Ayn Rand em Português.

Author: Jean Moroney

Siga a razão

Como todos sabem, sou uma pensadora. Gosto de entender a situação antes de agir. Fico feliz em considerar possibilidades, prever consequências e introspectar minhas reações emocionais antes de agir. No entanto, aprendi da forma mais difícil que, se quiser fazer o que tem de ser feito, preciso cuidar com essa preferência, e trocar a chave de “pensar” para “agir” antes

Ler »

Quer ser feliz? Estabeleça metas objetivas

Muitos me perguntam o que há de errado em estabelecer como meta “ser feliz” ou “sentir-se bem”. O problema é que essas “metas” são subjetivas – e, pior, circulares. Metas precisam ser objetivas. Para entender por que as metas precisam ser objetivas, é preciso entender o que é uma meta, e como se ela relaciona com as emoções. Uma meta

Ler »

Reconheça suas emoções!

Nesse artigo, continuo minha batalha para esclarecer a relação entre razão e emoção. Gostaria de tratar de outra face desse conflito: o problema de emoções bizarras e intensas. Primeiro a história, depois a explicação. Alguns anos atrás, organizei um pequeno grupo de discussão em uma empresa para quem prestava consultoria. Muitos funcionários participavam das discussões, porém nenhum dos executivos da

Ler »

O risco de se sentir culpado ao estabelecer prioridades

Quando estabelecemos prioridades, assumimos um risco. Se, por algum motivo, você não termina o que se propôs a fazer, experimenta sentimentos negativos. No mínimo, sentirá tristeza por ter ficado aquém de suas expectativas. Se fatores externos assumirem o controle de sua vida, a ponto de impedi-lo de cumprir suas metas, você se sentirá frustrado. Se, em retrospectiva, você avaliar que

Ler »

Refletindo sobre as próprias emoções

Acredito que refletir sobre as próprias emoções (introspecção) é o propósito essencial de um diário. Por que fazer isso? Bom, concordamos que refletir sobre nossas emoções é um valor. Quando reflete, você responde a perguntas como “o que estou sentindo?” e “por que estou sentindo isso?” Ao responder a elas, você identifica o que sente e a origem desse sentimento.

Ler »

Como se favorecer emocionalmente das coisas boas da vida?

Foque em valores, hábitos e nas emoções Alguns anos atrás, recomendei a prática de identificar três coisas boas que acontecem diariamente. Essa ideia de Martin Seligman ajuda a desenvolver uma mentalidade mais otimista. Além disso, identificar “três coisas boas” nos ajuda a compreender melhor nossos valores. Por muitos anos, utilizei esse exercício como um ponto de partida para organizar minha

Ler »
>