Objetivismo Brasil - A Filosofia de Ayn Rand em Português.

Altruísmo versus capitalismo

Na interminável batalha em prol do ser humano, pareceu-me importante explicar o real significado da moralidade do altruísmo. É uma tarefa difícil, considerando que aprendemos desde a infância que ser egoísta é ruim, enquanto ser altruísta, é bom. O primeiro passo é nos afastarmos da moralidade predominante, de origem mística, que nos diz o que devemos ser e fazer, sem

Ler »

Uma Atitude Pro Liberdade ao Lidar com Doenças Infecciosas

É verdade que o Brasil é um país que possui muitos problemas, e que muitos deles já foram abordados de forma melhor por outras nações. Porém, o cenário atual de crise do SARS-CoV-2 demonstra o quanto a humanidade está se afastando dos princípios de liberdade e do direito da busca pela felicidade individual. Em resposta às ações tomadas pelo governo

Ler »

A teoria subjetiva do valor

A questão do “valor” deve ser abordada primeiro na Filosofia, não na Economia. Essa questão faz parte do ramo filosófico da Ética, e já é discutida pelos filósofos há milênios. As duas visões mais populares sempre foram: i) a do valor intrínseco, que dizia que o valor era dado por um ser sobrenatural ou pela natureza das coisas (tendo como

Ler »

É apenas papel

A resposta ao vírus adicionou um novo mecanismo de consumo de capital aos muitos que documentamos ao longo dos anos. Empresas são fechadas, porém continuam a ter despesas. Existe um equívoco popular de que isso significa apenas uma perda de papel. É como se houvesse uma bomba de nêutrons que, de alguma forma, destrói apenas papel, deixando intactos todos os

Ler »

Heróis anônimos da pandemia: centistas

Quais times jogaram no último Super Bowl? Você sabe o nome de algum personagem dos filmes de Star Wars? Quem é o marido de Kim Kardashian? É provável que você tenha respondido corretamente a pelo menos uma dessas perguntas. Mas essas vão deixar você desconcertado: Quem criou o raio-X? Quem realizou o primeiro transplante de órgãos? Quem desenvolveu a vacina

Ler »

Heróis anônimos da pandemia: profissionais de saúde

A pandemia está mostrando que, por todo lado, há heróis subestimados. Legiões deles trabalham em hospitais. O que ficou claro em Nova York e em outros lugares é que médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde estão enfrentando condições de guerra. A falta de testes em massa, a escassez desesperada de ventiladores e o suprimento minguante de equipamentos de proteção

Ler »

Heróis anônimos da pandemia: criadores da era digital

As UTIs estão cheias de pacientes com COVID-19 lutando por suas vidas. Médicos, enfermeiros e profissionais de saúde estão recebendo merecidos elogios e reconhecimento, embora (como argumentei em artigo anterior), ainda sejam pouco valorizados. Refletindo sobre a crise, passei a ter um apreço mais profundo por outro grupo de indivíduos heroicos. Contamos com suas realizações e trabalho incansável, ainda mais

Ler »

‘Justiça Social’: a inimiga da verdadeira justiça

Justiça social! Por toda parte, ouvimos clamores por “justiça social” – de políticos, como Bernie Sanders, passando por intelectuais, como Noam Chomsky, clérigos, como o reverendo Jesse Jackson, até celebridades como Madonna. “Justiça social” virou o grito de guerra, o motivo, a justificação e o objetivo final de todas as políticas e plataformas da esquerda política. Com frequência, parece que

Ler »

Receber ou não receber auxílios governamentais?

A lei CARES[1] criou um dilema moral para os americanos que valorizam a liberdade. A pandemia custou-lhes seus empregos, suas economias e, às vezes, seus negócios. E esses culpam o governo por grande parte da tragédia. Mas, por se oporem a esmolas do governo, temem que aceitar dinheiro da CARES constituiria uma violação de integridade. O Ayn Rand Institute se

Ler »

Não peça ao governo que faça o que você não faria

Um conto escrito por Lewis Love chamado “A King of Long Ago” conta a história de um rei justo e sábio de uma terra distante que conhecia bem os limites de seu poder. Seus súditos eram livres e o respeitavam porque sabiam que sua principal regra era não dar nenhum privilégio que não pudesse ser estendido a todos da mesma

Ler »

Por que empreender?

Empreender não tem a missão de proporcionar felicidade aos outros, mas felicidade a quem empreende. O que justifica fundamentalmente a abertura de qualquer negócio não é o número de empregos, o número de clientes satisfeitos, o volume de impostos pagos. O que justifica fundamentalmente a abertura de qualquer negócio é a necessidade do empreendedor de criar, produzir, manter e dispor

Ler »

O problema da culpa

Ayn Rand sempre defendeu a primazia da realidade sobre a consciência, mas entendia que, para que pudéssemos exercitar a objetividade cuja necessidade é existencial, precisávamos fazer bom uso do nosso aparato psicoepistemológico sem o qual ficaríamos à mercê das imposições da natureza e das enganações de outros homens. Numa época em que a manipulação das mentes se dá através das

Ler »
Assine nossa Newsletter
>