Porque o objetivismo é um sistema de ideias?


"Eu não sou, essencialmente, uma defensora do capitalismo, mas do egoísmo; e eu não sou, essencialmente, uma defensora do egoísmo, mas da razão. Se alguém reconhece a supremacia da razão e a aplica de forma consistente, todo o resto segue. (Ayn Rand, Introducing Objectivism,” The Objectivist Newsletter Vol. 1 No. 8, August 1962, p. 35) ".

A Metafísica é o campo mais básico. Diz-lhe o que é a realidade, o que, por sua vez, estabelece os parâmetros para outros campos. Se o mundo que vemos é uma ilusão, como os budistas ensinam, então a epistemologia deve explicar como adquirimos conhecimento por alguns meios além da percepção sensorial. E se há vida após a morte, e uma recompensa eterna que nos espera no céu ou no inferno, como os cristãos ensinam, então eticamente devemos fazer o que pudermos para atingir a felicidade eterna.

A Epistemologia também é básica de uma forma distinta. Todas as nossas ideais e teorias dependem dos padrões que temos para o conhecimento. Nós não podemos ter conhecimento ético, político ou estético exceto pelos termos definidos pela epistemologia. As religiões dependem do apelo à fé como a base de conhecimento de uma realidade definitiva.

A Ética estabelece a diferença entre o certo e o errado: suas posições dependem de uma visão da realidade, dos fatos da natureza humana, e dos padrões de conhecimento. Ela estabelece um código de valores e explica a diferença entre virtude e vício. Isto fornece orientação básica e fundamental para as escolhas humanas, incluindo os caminhos que tomamos em nossas próprias vidas, o que esperamos dos outros, e o rumo de instituições e mesmo culturas inteiras. Todas as áreas da atividade humana dependem das premissas éticas sobre o que é valioso e que propósitos são dignos.

Uma filosofia que não trata de todas as grandes questões é incompleta. Uma filosofia inconsistente em suas posições é indefensável. Podemos ver a importância da coerência vendo como a falta dela afeta ideologias políticas.

Muitos dos norte-americanos conservadores, por exemplo, são cristãos que pregam ser os defensores da indústria e do mercado livre, enquanto defendem sua religião ao mesmo tempo. Mas como a maioria dos norte-americanos percebe, os dois não são consistentes. Jesus, acima de tudo, ensinou que os ricos devem desfazer-se de todos os seus bens. E as virtudes cristãs centrais de fé, esperança e caridade adequam-se muito melhor a um São Francisco que a um Bill Gates. Assim, os conservadores estão divididos entre as duas tendências do cristianismo e do capitalismo. Alguns, escolhendo o capitalismo, enfatizam as tradições americanas de liberdade, governo local e tolerância. Outros, escolhendo o Cristianismo, atacam nossa cultura “materialista”, e defendem programas governamentais paternalistas como a previdência social, e pressionam o governo por maior apoio à religião.

Liberais norte-americanos, por sua vez, estão divididos entre valorizar a liberdade e a felicidade pessoal (que eles defendem por meio da liberdade de expressão e direito ao aborto) e valorizar a igualdade (que eles procuram promover através de códigos que restringem a escolha e reprimem o discurso, tais como as leis que proíbem a discriminação racial ou insinuação sexual em contextos de negócios privados).

Muitas filosofias formais sofrem de contradições similares. Immanuel Kant, por exemplo, foi um defensor da liberdade política e da paz, mas seus seguidores frequentemente apoiaram ditaduras e guerras, porque tentavam viver por sua moralidade de adesão pura ao dever.

Objetivismo é um sistema completo de pensamento que demarca posições em todos os principais campos da filosofia. É um sistema consistente de pensamento em que cada posição é apoiada por posições mais básicas que estão abaixo hierarquicamente e suporta posições derivadas que seguem dela. Objetivistas constatam que o que sabem sobre um campo da filosofia suporta o que eles sabem sobre os outros, de modo que não tem que escolher entre tendências contraditórias como os conservadores modernos e os liberais. E suas conclusões, sendo baseadas em fatos, seguem logicamente das ideias mais básicas para as mais derivadas.

Próximo Anterior