EMPIRISMO VERSUS RACIONALISMO

[Os filósofos passaram a se dividir] em dois campos: aqueles que clamavam que o homem obtinha seu conhecimento do mundo ao deduzi-lo exclusivamente de conceitos, os quais advêm de sua mente, e não são derivados da percepção de fatos físicos (os racionalistas) – e aqueles que clamavam que o homem obtinha seu conhecimento da experiência, o que passou a significar: por percepção direta de fatos imediatos, sem recurso aos conceitos (os empiristas). Simplificando: aqueles que se uniram aos [místicos] ao abandonar a realidade – e aqueles que se agarraram à realidade ao abandonar a mente.

________________________________________

Tradução de Matheus Pacini.

Publicado originalmente em Ayn Rand Lexicon.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

__________________________________________