DETERMINISMO

Determinismo é a teoria de que tudo que ocorre no universo – incluindo todo pensamento, sentimento e ação do homem – é ditado por fatores anteriores, de modo que nada poderia ter acontecido diferentemente da forma que ocorreu, e tudo no futuro já está predefinido e é inevitável. Nessa visão, todo aspecto da vida e do caráter do homem é meramente um produto de fatores que estão, em última instância, fora de seu controle. O Objetivismo rejeita tal teoria.[1]

 

Ditadura e determinismo são corolários que se reforçam mutuamente: se alguém deseja escravizar os homens, ele deve destruir a confiança deles na validade de seus próprios julgamentos e escolhas – se alguém acredita que a razão e a volição (vontade/decisão) são impotentes, deve aceitar o governo da força.[2]

_______________________________________

Publicado originalmente em Ayn Rand Lexicon

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

__________________________________________

[1] PEIKOFF, Leonard. The Philosophy of Objectivism lecture series, Lecture 1

[2] RAND, Ayn. “Representation Without Authorization,” The Ayn Rand Letter, I, 21, 1