CONHECIMENTO IMPLÍCITO

Conceitos axiomáticos identificam, de forma explícita, o que está meramente implícito na consciência de uma criança ou de um animal. (Conhecimento implícito é informação passivamente armazenada que, para ser integrada, requer foco especial e processo de consciência – ação que uma criança, eventualmente, aprende a realizar, enquanto a consciência de um animal é incapaz de fazê-la).[1]

 

O homem capta (o conceito de “existente”), de forma implícita, em nível perceptual – isto é, ele capta os elementos que constituem o conceito “existente”, os quais devem, posteriormente, ser integrados por tal conceito. É esse conhecimento implícito que permite à consciência dele se desenvolver.[2]

 

O que é meramente implícito não está sob o controle consciente dos homens; eles podem perdê-lo por meio de outras implicações, sem saber o que, quando ou porquê o está perdendo.[3]

________________________________________

Publicado originalmente em Ayn Rand Lexicon

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

__________________________________________
[1] RAND, AYN. “Axiomatic Concepts,” Introduction to Objectivist Epistemology. New York: First Mentor Printing, 1967. p. 57

[2] RAND, AYN. “Axiomatic Concepts,” Introduction to Objectivist Epistemology. New York: First Mentor Printing, 1967. p. 6

[3] RAND, AYN. For the New Intellectual. New York: First Mentor Printing, 1951. p. 53