Três motivos para os millennials trocarem Karl Marx por Ayn Rand


Prezados camaradas comedores de torrada com abacate,

Precisamos abandonar Karl Marx como abandonamos a TV a cabo. 

Nós somos uma geração cansada de guerras (e ameaças de guerras), massacres e sensacionalismo na mídia. Como embaixadores da economia compartilhada e investidores em criptomoedas, estimamos muito a inovação e o empreendedorismo. 

Karl Marx não é quem pensamos ...


O patrimônio dos ricos e a busca pelo lucro geram diretamente todos os nossos avanços econômicos


Os atuais clamores para se elevar impostos sobre os ricos e para fazer os ricos "pagarem pela crise" partem do velho princípio marxista de que uma pequena fatia de abastados vive à custa da exploração da esmagadora maioria da população mundial. 

Tal raciocínio seria verdadeiro caso a revolta se direcionasse especificamente para aqueles indiv&i...


Quando (ajudar os outros) não ajuda: a caridade destrutiva


O que aconteceria se você doasse US$ 100 mil dólares a um mendigo saudável de longa data? Isso o ajudaria a dar a volta por cima? De repente, ele se tornaria um cidadão normal e produtivo? Bem, alguém testou essa ideia na vida real, detalhando-a no seguinte vídeo.

Como explicado no vídeo, Ted Rodrique recebeu US$ 100 mil, podendo fazer o...


Sete virtudes de Ayn Rand que podem lhe tornar um líder melhor (mesmo se você a odeia)


A polêmica autora de A Revolta de Atlas e A Nascente criou uma ótima filosofia de gestão.

Ayn Rand é uma das figuras mais polarizantes na cultura americana – e ela já faleceu há 35 anos! Não há meio termo: ou as pessoas amam ou odeiam a autora de A Revolta de Atlas e A Nascente. Quando fui coautor de um


O governo é quem promove o bem-estar social?


Para que se possa dar algo a quem não tem, esse algo precisa ser criado. O governo não cria nada, apenas explora quem cria e, como pilhador, fica com a maior parte do butim.

Criação e distribuição justa de riqueza, concomitante e permanente, ocorre quando as pessoas cooperam para buscar a melhoria de suas próprias vidas.

No mercado, só há excluídos quando há coerçã...