O MECANISMO EMPOBRECEDOR


Assim como os seres humanos, os governos também são compostos por corpo e mente, concreto e abstrato. O corpo de um governo são os indivíduos e seus bens materiais.

Sob a ótica da economia, em se tratando de governo, pessoas e bens materiais são considerados gastos: para cobri-los, o governo se vale de taxas e impostos. A única maneira de diminuir os gastos do governo é reduzindo pessoal e ativo imobili...


O que A Revolta de Atlas nos ensina sobre a insuficiência das boas intenções?


A busca pelo maior romance americano deveria ter acabado em 1957 quando uma imigrante russa chamada Ayn Rand publicou A Revolta de Atlas. Notável por sua abrangência, profundidade e estilo, A Revolta de Atlas é um manifesto político, filosófico e econômico encerrado em uma narrativa irresistível que trata de personagens “maiores e menores que a vida.”

A Revolta de A...


POR QUE O GOVERNO TRATA TÃO MAL OS DOENTES E OS IDOSOS?


Quando uma pessoa guarda dinheiro em uma poupança para financiar sua aposentadoria, o banco onde o dinheiro tiver sido depositado não ficará pedindo uma prova de vida para ela: ele vai receber, guardar, remunerar o dinheiro depositado, pagando a ela quando ela quiser sacar.

Em uma sociedade racional e, consequentemente, livre, o indivíduo precisa guardar dinheiro suficiente para poder viver o resto da sua vida sem precisar mais tr...


Deadpool 2: entendendo o problema filosófico-moral da sociedade atual


Queria não ter deletado o vídeo que gravei na época do lançamento do primeiro filme da franquia Deadpool, pois tinha traduzido alguns trechos do artigo Bootleg Romanticism de Ayn Rand que, provavelmente, seriam relevantes aqui. Mas só pra relembrar uma parte:

"Observe que, na questão humor versus thrillers, os intelectuais modernos estão utilizando o termo "humor"...


Quando o (direito) de protestar não é um direito


Muito se ouviu ultimamente sobre o “direito de protestar”. Mas esse direito existe mesmo? Claramente, nenhum “direito de protestar” pode legitimar atos violentos como, por exemplo, o atropelamento proposital que tirou a vida de uma mulher de 32 anos em Charlottesville, Virgínia, em agosto. Mas, “manifestantes pacíficos” tem o direito de protestar desde que não se envolvam em atos violentos como agressão a pess...