POR UMA ASSEMBLEIA NACIONAL (DES)CONSTITUINTE


Não é por outro motivo, senão pelas más escolhas que fizemos no campo da Ética, da Política e da Economia, que chegamos ao atual estado de degradação em que nos encontramos.

Ao longo das últimas décadas, nossa sociedade é enclausurada por densa, intrincada, cinzenta e infindável rede de constituições, leis, normas, decretos, portarias, instruções normat...


Ayn Rand foi um Stalin intelectual?


Grégoire Canlorbe: em minha opinião, a força interna que torna os heróis de Ayn Rand tão viciantes é o poder. Eles fazem parte da indústria ferroviária, fruto de 130 anos de engenhosidade e trabalho duro de milhares de pessoas. Não obstante, eles se consideram os condutores do sistema, carregando a sociedade nas costas. Mal sabem eles que conduzem um legado, e que devem o que são ao trabalho de milh&otil...


AS PERSONAGENS DE A NASCENTE QUE VOCÊ ENCONTRA NA FACULDADE


Muitos críticos caracterizam as personagens de Ayn Rand como bidimensionais e irrealistas, e podem parecer sê-lo, às vezes. “Poucas pessoas são tão submissas, ‘altruístas’ e dependentes da aprovação dos outros!”, muitos pensam.

Tais críticos podem pensar assim porque nunca entraram numa universidade.

Na faculdade, você percebe que, de fato, existem Ellsworth M. T...


PERGUNTA VII - a religião é boa ou ruim para a humanidade?


RESPOSTA E COMENTÁRIOS FINAIS DE JOHN C. WRIGHT
 

A questão desta última parte do debate entre o católico e o ateísta é a seguinte: a religião tem sido, de forma geral, algo bom ou ruim para a humanidade?

Leitores atentos devem ter percebido nas resenhas anteriores que praticamente todas as questões do debate contêm um pressuposto subliminar, ou inclinação retó...


Armas livres, direitos protegidos.


Conversando com minha mãe sobre a insegurança na cidade, pude observar seu olhar de espanto quando disse que, se pudesse, eu andaria armada. Prontamente, ela me recriminou. Não a culpo, pois a maioria dos brasileiros pensa assim, ou tem aversão ao porte de armas. Fomos educados para sermos vítimas e lamentar. Na escola, aprendemos a não revidar e, se for preciso, apanhar, deixando a punição por conta de um superior, p...